A Inovação nas Empresas

Inovar não é apenas ter uma ideia jamais pensada ou de algo surpreendente, como a maioria imagina. A inovação refere-se a uma postura recorrente de busca por soluções para problemas e necessidades tanto internos (da própria empresa) quanto externos (dos clientes e do mercado), gerando, assim, vantagens competitivas.


Pode parecer do senso comum dentro do marketing, que a inovação nas empresas se torna requisito básico para a geração de soluções, a entrega de valor ao consumidor e até a redução de custos, concorda? Porém, na prática, ainda são poucas as organizações que de fato conseguem aplicar a inovação com frequência.


Conceitos bastante comuns no mercado de trabalho nos quais o termo inovação está inserido e que você definitivamente precisa ter na ponta da língua são gestão de inovação, cultura de inovação e intraempreendedorismo. Mas afinal, o que são? De forma essencial, a gestão da inovação compreende o gerenciamento de novas ideias de uma empresa. Já a cultura de inovação, busca criar uma cultura de mudança dentro da empresa. E o intraempreendedorismo é o espírito e a vontade de empreender dentro da empresa onde trabalha.


Com esses conceitos, a empresa deve, antes mesmo de pensar em determinar cargos, adotar a inovação como uma causa, acreditando nela e tornando-a prioridade internamente para que os resultados realmente aconteçam.


É possível inovar de diversas maneiras, pois existe a inovação tecnológica, inovação de marketing, inovação de produto, inovação em serviços e inovação de processos; basta encontrar a melhor para seu modelo e mandar ver :)


Agora que já sabe as maneiras de implementar a inovação na sua empresa, poderá ter sucesso formando uma equipe de gestão da inovação, desenvolvendo a cultura organizacional, analisando os pontos de melhoria, investigando em busca das causas, focando nas possíveis soluções para um problema, implementando e mensurando a solução e avaliando os resultados obtidos.


Uma maneira de garantir a vontade de inovar pela sua equipe é adotar a cultura do intraempreendedorismo. Claro que ela está relacionada ao perfil do time, mas sempre pode ser implementada e incentivada. Com o intraempreendedorismo, surge o sentimento de dono dentro da própria empresa: dono do projeto, dono do produto, dono do lançamento, dono da área específica em que atua como se fosse sua própria empresa.


Quando a pessoa é dona, a dedicação é outra. A motivação é muito maior, porque o sonho é dela! Então sentir-se dono do que você faz no seu trabalho e garantir que a equipe se sinta assim também é primordial para ter o engajamento do time ao implementar a cultura da inovação.


Você já deve ter entendido, mas para deixar frisado: a inovação é importante por sua contribuição para o aumento da concorrência do negócio, acompanhando de perto as novas tendências para se manter forte e ativa. Além disso, deve fazer parte da cultura empresarial e precisa ser cultivada por pessoas que se identificam com ela.


Estimule a inovação dentro da sua empresa! Os resultados são surpreendentes e ela garante a sua perpetuidade.




7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo